Fertilize nas redes sociais:
Dúvidas? ligue: (31) 3109-4109 | (31) 99115-6484 | (31) 9956-56484

Blog

Como a inseminação artificial de bovinos fez o Brasil se tornar um dos principais produtores de leite no mundo

Você sabe como a raça Gir chegou ao Brasil? No post de hoje, vamos contar como a raça originalmente indiana passou a ser a mais produzida no país, contribuindo para os grandes índices de produção de leite no Brasil. Continue a leitura!

A raça Gir veio da Índia no fim do século 19. Mas foi na década de 1960 que o avanço do melhoramento genético no rebanho gir brasileiro teve início, com o transporte de um rebanho indiano trazido pelo espanhol Celso Garcia Cid. Na época, Cid trouxe mais de 100 animais da Índia para sua fazenda no interior do Paraná.

Um touro responsável pela revolução genética

Entre o rebanho, estava o touro Krishna, que levava destaque por seu belíssimo porte e foi muito importante para a melhoria dos rebanhos do Brasil. De acordo com matéria no O Globo, Krishna “impulsionou uma revolução genética que fez do Gir uma das raças mais valorizadas no milionário mercado de embriões bovinos e gerou uma linhagem mestiça hoje responsável por 80% da produção de leite nacional”.

O rebanho com Krishna saiu da Índia com destino à fazenda de Cid no Paraná, mas passou por um longo caminho até chegar em terras brasileiras. Da Índia, o navio com os animais viajou por 44 dias e passou por locais como a Arábia Saudita, o Canal de Suez e o Mar Mediterrâneo, até chegar à Guiana Francesa. Depois disso, os animais ficaram cerca de oito meses já no Paraná, onde 15 animais morreram por razões diversas. 103 dos 119 animais que saíram da Índia chegaram à fazenda de Cid.

Inseminação Artificial e fertilização in vitro mudando a história da pecuária brasileira

Krishna morreu quase um ano após ter chegado ao Brasil (supostamente por uma briga com um touro mais novo) e deixou um único herdeiro, Krishna-Sakina, que foi responsável por espalhar o DNA do touro indiano pelo país. Agora, estima-se que 80% de bois e vacas Gir no Brasil vieram da linhagem de Krishna, graças a técnicas de inseminação artificial e fertilização in vitro.

Hoje, a raça Gir é a mais valorizada no mercado de embriões de zebu. Com consideração extraída de matéria do O Globo, “Marcos da Silva [pesquisador da Embrapa] diz que o melhoramento genético do gado Gir e a criação do Girolando fizeram a produção leiteira no país quadriplicar nos últimos 20 anos”.

E você, já está trabalhando o melhoramento genético na sua fazenda? Então aproveite para conferir algumas dicas para garantir o retorno do seu investimento com o manuseio do botijão de sêmen bovino! 

Últimas notícias

Fique por dentro de nossas novidades

Cadastre-se e receba informações sobre a Evolução na Pecuária.