Fertilize nas redes sociais:
Dúvidas? ligue: (31) 3109-4109 | (31) 99115-6484 | (31) 9956-56484

Blog

Curiosidades sobre a raça Nelore e o Brasil

No nosso último artigo, contamos sobre como a raça Gir chegou ao Brasil. Depois de falarmos sobre o impacto da vinda da raça leiteira, agora é hora de contar a respeito da raça Nelore e suas origens. Pronto para saber mais sobre uma das principais raças de gado no país? Continue a leitura!

A chegada da raça Nelore ao Brasil

Vinda do extremo sul da Índia (onde é chamada de Ongole), a raça que é a base para o cruzamento de gado de corte no país foi importada para o Brasil por raçadores desde a metade do século XIX. Tudo indica que a criação dos primeiros exemplares da raça no Brasil começou no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Minas Gerais.

Os principais raçadores foram Karvadi, Golias, Rastã, Checurupadu, Godhavari, Padu e Akasamu. Esses animais contribuíram para formar a base das linhagens de Nelore no Brasil na década de 1960, quando vieram importados da Índia, passando por quarentena em Fernando de Noronha durante a chegada ao país.

Karvadi

Karvadi, raçador Nelore

Características da raça Nelore

Não é à toa que o gado Nelore representa 85% do total de bovinos no Brasil, gerando quantidades imensas de carne saudável e natural.

Há muitas características da raça que a fazem ser tão presente no cenário brasileiro:

  • com a pele preta e a pelagem branca, o animal é muito tolerante ao calor;
  • é adaptável às áreas tropicais e a diferentes condições climáticas;
  • tem um grande poder de transformar fibras de baixa qualidade em carne e leite;
  • tem músculos compactos e bem distribuídos;
  • é bastante resistente a parasitas e doenças.

 

Godhavari

Godhavari, raçador Nelore


A raça de gado mais presente no país tem sido muito presente no melhoramento genético dos últimos 50 anos. Com o Nelore, utiliza-se diversas tecnologias e práticas de reprodução: além das estações de monta, podemos destacar a IA (Inseminação Artificial), a IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) e as FIVs (Fertilização in Vitro).

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a raça Nelore, por que não aproveita para ler também sobre a chegada da raça Gir ao Brasil? Clique no link e veja

Rastã

Rastã, raçador Nelore

Últimas notícias

Fique por dentro de nossas novidades

Cadastre-se e receba informações sobre a Evolução na Pecuária.