Fertilize nas redes sociais: Powermidia.net Powermidia.net
Dúvidas? ligue: (31) 99115-6484

Blog

Higiene no trabalho de IATF com o descongelador eletrônico de sêmen e embriões Fertilize

Higiene no trabalho de IATF com o descongelador eletrônico de sêmen e embriões Fertilize

O trabalho da Inseminação artificial (IA), ou Inseminação artificial em tempo fixo (IATF), é feito em ambiente naturalmente contaminado pelas fezes dos bovinos. É de praxe que se evite a contaminação do aplicador com fezes ao inseri-lo na vagina, para que o mesmo não leve bactérias para o interior do útero. Muitos currais são mantidos com pisos limpos e sem acúmulo de esterco seco, o que é o desejável, mas muitos não tem essa preocupação. Na situação de esterco acumulado a movimentação do gado levanta poeira que fica em suspensão, e se espalha por toda a área de trabalho. Essa poeira de esterco em suspensão pode contaminar as bainhas dentro do pacote se o mesmo permanecer aberto e exposto durante o trabalho e também a bainha já vestida no aplicador enquanto o inseminador se desloca até a fêmea, com o aplicador montado. Essa contaminação pode levar a perdas de prenhezes obtidas e que pela infecção gerada são impedidas de evoluir. Chama-se nidação a fixação do embrião na parede interna do útero e isso só ocorre quando o ambiente uterino está fisiologicamente saudável, isento de infecção. Quando o esterco chega no útero ocorre infecção, o que causa irritação na mucosa uterina. Esse processo de luta do organismo com o germe invasor gera uma condição imprópria para a nidação, levando a perda do resultado bem sucedido da inseminação. Houve a fecundação, mas não a permanência da prenhez, por um erro na higiene do trabalho.
É importante que o recipiente do descongelador eletrônico de sêmen e embriões Fertilize esteja limpo, isento de sujeira, bactérias, para evitar contaminação nas palhetas, impedindo que germes possam chegar ao interior do útero, o que gera infecção no endométrio impedindo a fixação do embrião e consequente manutenção da prenhez. Parte da poeira do ambiente vai parar dentro do descongelador, principalmente quando o mesmo fica destampado desnecessariamente. Nessa circunstância pode-se notar com o passar do tempo um acúmulo de sujeira no assoalho do recipiente e isso pode se tornar um problema pelo risco dessa sujeira contaminar as palhetas em uso no momento do corte para encaixe na bainha.
Para fazer corretamente a higiene do descongelador Fertilize, basta seguir as instruções de uso que acompanham o produto e colocar 0,5 ml de água sanitária no recipiente cheio de água (1 cm abaixo da borda) após o uso, aguardar cerca de 5 minutos e desprezar a água. Quando se percebe sujeira grudada no fundo deve-se utilizar a pinça e um pequeno pedaço de pano ou algodão para remover o sujo. Se mesmo assim a sujeira continuar aderida ao fundo deve-se colocar água até cobrir a parte suja e dissolver uma colher das de café, de bicarbonato de sódio, deixar em descanso por 5 minutos e utilizar a pinça com o pano para fazer a remoção da sujeira.
Esperamos que tenha ótimos resultados em seu trabalho.

Ricardo Reuter Ruas
Médico veterinário
Diretor da Fertilize – Evolução em Reprodução animal

Últimas notícias

Fique por dentro de nossas novidades

Cadastre-se e receba informações sobre a Evolução na Pecuária.