Fertilize nas redes sociais:
Dúvidas? ligue: (31) 3109-4109 | (31) 99115-6484 | (31) 9956-56484

Blog

Você já toma todos os cuidados necessários na Inseminação Artificial?

Pensando na garantia de bons resultados no processo de Inseminação Artificial ou IATF, os cuidados no armazenamento e no descongelamento do sêmen são fundamentais. Para o artigo de hoje, pensamos em dois pontos fundamentais que nem sempre são lembrados durante o processo — e que fazem toda a diferença no número de prenhez obtido a cada estação de monta.

Aprenda mais sobre dois importantes cuidados a tomar na Inseminação Artificial:

Fazer o descongelamento do sêmen corretamente

Não fazer o controle da temperatura da água de descongelamento ou até descongelar as palhetas de sêmen em copo de isopor, no bolso ou nas mãos pode eliminar as suas chances de obter boas taxas de prenhez.

A literatura técnica da área aconselha a fazer o descongelamento do sêmen por meio do controle eletrônico da temperatura da água, garantindo a temperatura exata de 35,5º C. Já em relação ao preparo manual da água, a recomendação de temperatura é entre 35 e 37 º C.


Atenção ao manusear as palhetas do botijão de nitrogênio

A cada vez que abrimos o botijão de nitrogênio, as palhetas que continuam armazenadas sofrem choque térmico. Para reduzir as vezes em que o caneco do botijão é suspenso, a recomendação é pegar mais de uma palheta a cada abertura do caneco.

Além disso, para evitar dores nos dedos e a perda da capacidade reprodutiva das doses, há pinças próprias para o manuseio das palhetas de sêmen congeladas, que permitem, inclusive, que mais doses sejam retiradas de uma só vez.

Para tomar esses cuidados durante o processo da Inseminação Artificial e, consequentemente, conseguir resultados melhores, há produtos específicos que podem ajudar. Veja alguns deles aqui e passe a ter melhores taxas de prenhez ainda neste ano!
 

Últimas notícias

Fique por dentro de nossas novidades

Cadastre-se e receba informações sobre a Evolução na Pecuária.